sábado, 11 de abril de 2009

Eleição nas escolas municipais de Campos chega à Câmara



Hoje ao ler o jornal "Folha da Manhã" , me certifiquei que o Vereador Renato Barbosa com o aval de um dos diretores do SEPE (Fábio Siqueira ) apresentará projeto de lei nº 32/09 na próxima sessão da Câmara de vereadores(terça-feira) para estabelecer,enfim ,o pleito escolar.

Nós categoria(SEPE) há anos protestamos contra indicação política de diretorias escolares ,na última assembleia do SEPE, a categoria ao ficar sabendo que no último dia 26 a secretária Maria Auxiliadora em reunião com o Sepe, acenou com possibilidades apenas para 2010;resolvemos então lançar para o dia 08/05 um Ato no calçadão de lançamento oficial da campanha"EU QUERO VOTAR PARA DIRETOR".

Esperamos realmente que o projeto de lei sinalize positivamente satisfazendo a classe ...

Será que o atual governo irá se indispor a cumprir a a promessa de campanha e por conscidência um projeto criado em 1990 por iniciativa do próprio Garotinho onde determina a eleição detalhando em três páginas os trâmites das eleições???

O projeto iria entrar como objeto de deliberação na última terça-feira,mas não houve quorum.Nós categoria(SEPE)aguardamos a sua volta com expectativa!!!

5 comentários:

Sérgio Provisano disse...

Professora

A colenda câmara de vereadores de Campos, propõe-se a discutir um projeto de lei para a eleição direta de diretores e vice-diretores nas escolas municipais. Bravo, belíssimo, só que, (tem sempre um pórem) não seria mais simples cumprir uma lei vigente, desde o governo Garotinho que versa sobre o mesmo assunto?

Dê um pulo no blog do Dr. Maxuel Barros Monteiro onde ele faz uma referência en passant, sobre a constitucionalidade desse projeto de lei, que pretende propor o já proposto. Para mim, na minha humilde e limitada visão, tal proposta de projeto de lei não passa de uma cortina de fumaça para enrolar os cidadãos, uam tentativa pífia de se ganhar tempo.

É como chover no molhado, se esse governo quisesse democracia mesmo, bastava convocar as eleições, a base legal existe, afinal a lei foi proposta e sancionada pelo Garotinho, marido da prefeita.

Professora Hilda Helena disse...

Sérgio:
Fui ao Blog do Dr. Maxuel,até postei o seu parecer sobre o projeto lei aqui ...

Realmente deveria ser simples cumprir uma lei vigente...mas parece que eles dificultam as coisas..

Mas não vamos esmorecer democracia é um direito e precisamos lutar ...Eu não desisto:Quero votar para diretor de escola!!
Um abraço!

a hiena disse...

nossa democracia, uma senhora já de meia idade, embora um pouco desrespeita, já deveria apontar para a Prefeita que nem precisaria de uma lei redundante para instituir a eleição para a Diretoria nas escolas. É coisa de quem tem medo de oposição e de voto e é uma postura de alguém de um bom proceder à frente da administração do bem público.

Então, eleições já, independente de projetos de leis ou não...

hiena-feliz.blogspot.com

Professora Hilda Helena disse...

Valeu hiena:Eleições para diretores de escolas já!!!
Um abraço!!!

FÁBIO SIQUEIRA disse...

Cara Hilda,
Caro Provisano,

Em pesquisa ao arquivo da Câmara Municipal constamos que a Legislação sobre a matéria aprovada por Garotinho e modificada por Arnaldo foi REVOGADA por outra Lei - que versa sobre organograma da SMEC - em 2007.
Vou checar o número da tal Lei que cassou nosso direito e divulgo em breve pra vcs.
Abs.