quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Razão e Crítica e a Direta já para diretores de escolas municipais



Em Razão e Crítica,o Maycon Bezerra de Almeida somou mais um na Campanha da direta já para diretores das escolas municipais:

"É importante deixar claro que a defesa da eleição direta para diretor de escola (como efetivação do princípio legal da gestão democrática da escola) está profundamente ligada à crítica a política de aprovação automática ou de “eliminação adiada” dos educandos das classes populares. A gestão democrática da escola, com os gestores escolares prestando conta de sua atividade à comunidade escolar e não aos seus chefes políticos deve ser entendida como uma bandeira central na luta de professores, estudantes e famílias contra o processo de precarização e desqualificação da educação escolar pública em nosso país".

2 comentários:

Maycon Bezerra de Almeida disse...

A democracia não pode ser apenas um princípio abstrato descolado da vida real, principalmente no que diz respeito à educaçao. Fala-se muito, recentemente, em democracia na escola como forma de legitimar a precarização da profissão docente e a desqualificação do ensino, rebaixando o saber sistemático e formal produzido pela humanidade ao longo de séculos ao nível do senso comum, mas diante das reivindicações de democratização concreta o discurso hegemônico revela sua verdadeira face autoritária e tecnocrática. Um abração e estamos juntos!

luciana disse...

E AS NOMEAÇÕES (INDICAÇÕES POLÍTICAS) CONTINUAM SAINDO TODO DIA NO DIÁRIO OFICIAL. MAS É A VIDA NÉ?
MUDAR DEPENDE DA UNIÃO DE TODOS NÓS.