quinta-feira, 19 de março de 2009

Assembleia do SEPE...



Ontem mesmo recebendo uma falta na E.M.de Santa Maria compareci na Assembleia do SEPE pois estou muita indignadada com os sprays de pimenta que tem me atingido ...

Como o salário do pofessor obriga o profissional de educação trabalhar muito ,no meu caso que trabalho nos turnos manhã,tarde e noite só agora estou dando meu parecer sobre a Assembleia de ontem.

Hoje antes do Fábio Siqueira esclarecer com este texto impecável como disse o Xacal Um blogueiro incomoda muita gente... o assunto já havia invadido a blogosfera ...

Tudo pelo visto começou com com esta pergunta do Xacal Cadê...? e foi incrementada pelo Soprador de Vidro com duas postagens Soprador de Vidro: Sobre a Assembléia do SEPE-Campos de ontem e Soprador de Vidro

Eu ainda estou pensando na postagem ACORDA, PROFESSOR...!!!!!


Vejo que não só a classe de professores mas outras da sociedade civil ainda não se deu conta de que podemos escolher o tipo de relação que queremos do governo não só municipal,mas estadual ,federal...

Acredito que todos queremos respeito,dignidade,autonomia e direitos e numa era globalizada a servidão,a humilhação,e a subserviência e dependência de favores seria o fim ...!

Todos reivindicamos mas poucos lutam...se lutam não sabemos pois dificilmente há mobilizações ,...como disse o Xacal esta seria um abismo ou uma ponte entre a reivindicação e a luta...

Por que é tão difícil agir como cidadão ?Esta reunião significou um importante marco na retomada do movimento organizado da sociedade civil...infelizmente muitos profissionais da educação da rede municipal, professores e funcionários perderam o início da contrução da ponte que nos separa de muitas de nossas intenções...´Eu estava lá pude falar sobre o descaso da política pública da EJA e na reunião que será realizada com a secretária de educação no dia 26 deste mês ela ouvirá a respeito de uma Educação Pública de qualidade que todos queremos...

A categoria precisa entender que assembleias como esta pode falar bem alto que não é isto que queremos e que desse jeito não tem como trabalhar...

Quais os envolvidos com a educação não gostaria de ter essas reivindicações atendidas?

1) eleições diretas para direção das escolas;
2) revisão do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS), considerando principalmente, a questão do enquadramento por tempo de serviço dos profissionais;
3) concurso público como forma exclusiva de acesso ao serviço público;
4) equiparação salarial entre as pedagogas e os demais especialistas da SMEC;
5) melhoria na estrutura física das unidades da rede;
6) discussão sobre a política da SMEC para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA);
7) campanha salarial para 2009;
8) nova Assembléia com os servidores em seis de abril (segunda-feira), às 17 horas no Sindicato dos Bancários.


Já divulgo a próxima assembleia para o dia 06 de abril (segunda-feira), às 17:00 no Sindicato dos Bancários. É necessário o comparecimento na Assembléia ..pois só conquistamos direitos na luta...!


Na quarta-feira antes da reunião parece que a blogosfera teve a oportunidade de diminuir um pouco o abismo entre reinvindicação e luta com a postagem Rachas e tendências... e o exercício de cidadania...

Muitos não compareceram em assembleias pois sempre pensam:"..isso não dá em nada ..."culpam o sindicato,mas fogem da luta ...não querem a democracia interna mas se subetem a obediência cega e "religiosa" aos "senhores feudais partidários"...!


A classe precisa reconhecer eventos como este é "um estopim que tem o poder de deflagar a articulação de outros setores para enfrentar o descaso, a manipulação e o autoritarismo" dos nossos governantes...

Ontem estive lá e tenho consciência de que a ocasião foi histórica, mas convoco os os profissionais da educação para na próxima assembleia ""ensinar" lições de coragem e luta...'


O número foi pequeno " Mas política não se faz apenas com quantidade, porém muito mais com simbologias..."

A causa não está perdida!!!

Hoje cheguei na escola com as reivindicações que o SEPE levará à Secretária de Educação... discuti com alguns colegas ... pude defender alguns direitos...pois fiz minha parte levando algumas reivindicações até a Assmebléia...E você?

3 comentários:

Gustavo Landim Soffiati disse...

Assembléia do SEPE-Campos: eu fui!

Anônimo disse...

Pois é, professora Hilda! O Sepe só terá "vida" quando as (os) profissionais entenderem que quem dá o rumo é a categoria, como bem demonstrou, com a sua participação. Creio que se iniciou uma nova etapa do SEPE. A continuidade depende da participação. Aguardemos a audiência (que depende da secretária) e dependendo do resultado, na próxima assembléia, daremos consequências às nossas reinvidicações. Ou não???

Xacal disse...

Cara Hilda,

Parabéns por sua participação, obrigado por suas generosas citações, e me faça uma promessa:

nunca apagues esse belo sorriso que ilumina seu rosto e quem o vê...